Cidades Destaque Últimas Notícias

UFC PREFEITURA | Quando 2, 3 “gatos pingados” desviam o foco de uma manifestação popular

Foto: rede social

A “Carreata pela Saúde” organizada por entidades que representa vários setores em Rondonópolis tinha tudo para ser um grande recado a administração pública. Pessoas de todas as classes sociais e ideologias partidárias circulavam com veículos pelas principais ruas da cidade e pediam esclarecimentos sobre os investimentos para a saúde pública do município.

O grupo que reuniu cerca 80 veículos fez barulho e foi saudado pela população. Tudo caminhava para uma ação positiva até chegar na Rua Dom Pedro II, ao lado da Prefeitura.

Cerca de 10 manifestantes desobedeceram às recomendações da organização do protesto, desceram dos seus carros e no local apelidado de “bola vermelha” da Prefeitura iniciaram uma discussão com um grupo favorável ao prefeito José Carlos do Pátio (SD). Entre os defensores da gestão estariam funcionários municipais comissionados. Dois desses indivíduos protagonizaram cenas lamentáveis com um manifestante. Celulares de populares e as câmeras da imprensa mostraram que essas pessoas não estavam preocupadas com o isolamento social. Em poucos minutos ouve aglomeração, troca de ofensas, ameaças e alguns sopapos. A Polícia Militar, que acompanhava o manifesto, agiu rápido e evitou uma briga generalizada.

A carreata seguiu, deu o recado, mas todo o movimento organizado pela sociedade, com gente da esquerda e da direita, ficou manchado por reações de pessoas que trocaram uma causa nobre para defender “verdades”, nem sempre verdadeiras.

A empresária Tânia Balbinotti, que é membro do GMPR (Grupo de Mulheres em Prol de Rondonópolis), uma das entidades que ajudou o fomentar o movimento lamentou o ocorrido, e comemorou a adesão da comunidade ao protesto. “Esperamos que as ações importantes [combate ao vírus] sejam tomadas o quanto antes em nossa cidade”.

A Prefeitura de Rondonópolis não tinha emitido nenhuma nota até o fechamento desta reportagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *