Destaque Política

Sem apoio do PSL e desprezada por Bolsonaro; Selma Arruda a caminho da cassação

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A procuradora-geral Eleitoral, Raquel Dodge aplicou mais um duro golpe na curta carreira da senadora Selma Arruda (PSL) de Mato Grosso. A "Moro de saias", como ficou conhecida quando era juíza, acumulou mais uma derrota em sua jornada contra a cassação do mandato. 

Em parecer enviado na terça-feira (10) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dodge manifestou-se pela execução imediata da decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) que, por unanimidade, cassou o diploma da senadora Selma Arruda (PSL/MT) e dos seus dois suplentes, e determinou a realização de novas eleições para o Senado naquele estado. Dodge defende ainda a confirmação da pena de inelegibilidade por período de oito anos, também imposta à parlamentar, que é juíza de Direito aposentada.

Conforme a decisão de abril deste ano, do TRE/MT, Selma Arruda e os suplentes Gilberto Eglair Possamal e Clérie Fabiana Mendes cometeram abuso de poder econômico e prática de caixa 2 de campanha ao realizarem despesas de natureza tipicamente eleitoral no valor de R$ 1,5 milhão, não contabilizadas oficialmente na prestação de contas, inclusive, em período vedado de gastos (na fase de pré-campanha). Na ocasião, a Corte regional, por maioria, negou pedido para que a vaga fosse preenchida interinamente pelo 3º colocado no pleito eleitoral de 2018.

Sem apoio

Selma Arruda tenta ainda a última cartada para salvar a pele, que seria uma vitória no  Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Fato que dificilmente deve acontecer, uma vez que o entendimento do TRE/MT foi unanime. A senadora corre contra o tempo praticamente sozinha. A juiza aposentada tem apoio próximo a zero no seu atual partido, que até o momento é indiferente ao caso. O comportamento semelhante é o do presidente Jair Bolsonaro. Antes das eleições os dois personagens tinham grande identificação. Selma optou pela filiação no PSL justamente pela afinidade. Mas as coisas mudaram e de lá até os dias de hoje os dois não são vistos juntos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *